Dia Internacional dos Museus 2019

ARP 100Recentemente, o Conselho da Europa definiu a Conservação e Restauro como uma disciplina fundamentada em conhecimento científico e humanístico, com o propósito de preservar de modo sustentável a integridade física e a história do património cultural, estendendo a sua vida sem comprometer a sua autenticidade, o seu valor intrínseco e o seu significado.

Dia 18 de Maio, dia Internacional dos Museus, afigura-se um momento oportuno para refletir sobre as funções do Conservador-restaurador no contexto museológico.

Quantos são os museus em Portugal, sob a gestão directa do Estado ou credenciados pela Direção Geral do Património Cultural e agregados na Rede Portuguesa de Museus, sem Conservador-restaurador nos seus quadros? Quem realiza nos museus as funções de conservação que a legislação Portuguesa identifica na Lei-Quadro dos Museus (Lei nº. 47/2004 de 19 de Agosto)?

A reflexão da ARP sobre a Conservação e Restauro em contexto museológico publicada na Revista Pontos de vista nº 35 de 12 de Maio de 2014, continua hoje actual.

Convidamo-vos a partilhar connosco a vossa opinião e a enriquecer esta discussão.

Rui Câmara Borges

(Presidente da ARP) 



1995 © ARP - Associação Profissional de Conservadores-Restauradores de Portugal. Todos os direitos reservados.
Morada: Apartado 26002 Lisboa, 1201-800 Lisboa  - Portugal
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. | Facebook